• If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Get control of your email attachments. Connect all your Gmail accounts and in less than 2 minutes, Dokkio will automatically organize your file attachments. You can also connect Dokkio to Drive, Dropbox, and Slack. Sign up for free.

View
 

Carlota P  - Escrita

Page history last edited by Inpi 6 years, 1 month ago

 A Natureza em família

 

 

   Estava eu e a minha mãe no nosso grande, agradável e mágico jardim, quando eu vi uma planta lindíssima com flores lilases e brancas que parecia que tinha uma magia e que exercia em mim, especialmente, um fascínio que por mais português que eu saiba nunca vou conseguir explicar: era mágico, mas ao mesmo tempo, frustrante porque eu não percebia o que aquilo era. A minha mãe dizia vezes sem conta para eu sair dali, mas parecia que estava presa... Quando consegui sair, finalmente, fomos investigar... Afinal aquela era uma das mais raras plantas da galáxia e, quando está a morrer começa a fazer com que cada pessoa que lhe olhe por mais de vinte minutos se transforme em estátua.

 

   Lá no canto do artigo dizia que só se podia salvar a planta sem qualquer ferimento ou sem haver pessoas transformadas em estátuas é da seguinte forma: por água a ferver num tacho com cerca de um litro de volume e colocar três pétalas de rosa durante meia hora lá dentro, depois colocar açúcar e deixar repousar mais uma hora. Assim fizemos, quando abrimos de novo o tacho aquilo tinha-se transformado num líquido cor-de-rosa com magia... Depois dizia para arrancar a planta de raiz e colocá-la no tacho durante um dia inteiro mas sem tocar no tacho. Depois de fazer tudo isso colocámos de novo a planta na terra e, quando demos por ela já estava toda levantada de novo com o seu ar inspirador e mágico.

 

   No dia seguinte, quando abrimos o livro onde eu tinha arranjado toda aquela informação saiu de lá uma voz encantadora que nos concebeu asas de fada para que todos os dias eu e a minha mãe nos tornássemos numas fadas e tratássemos daquela planta tão preciosa e importante para as fadas( afinal aquela era a planta que dava vida ás fadas até cinquenta mil milhões de milhas de distância dali, portanto, dava-nos vida a mim e á minha mãe).

Carlota P 6B

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.