• If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions. Connect your Gmail, DriveDropbox, and Slack accounts and in less than 2 minutes, Dokkio will automatically organize all your file attachments. Learn more and claim your free account.

View
 

A EMOÇÃO

Page history last edited by Inpi 2 years, 6 months ago

 

 

Emoção que se sente com o coração

Ou aquela que se faz sentir

Durante uma canção…

A que te faz sorrir,

A emoção que te contorce

E te assombra,

Cada vez mais precoce

Perante as sombras

Do presente e do passado…

 

A que te faz sentir a pressão

A outra que faz sentir a diversão

E a que te faz tremer

E contorcer

Sobre o mistério humano…

Mistério só percebido

Por aquele dom mais consentido

Nas linhas da sociedade perdida

Da melhor à mais desaparecida…

 

A emoção que te faz sofrer

Pelo mais próximo que de ajuda necessita

Que por todos é ignorado

Que na rua dormita

Que pela sociedade é posto de lado…

No trabalho esquecido

Que se sente mais danificado

Que não tem ninguém conhecido

Completamente assolado/desolado

Perdido triste e só no seu cantinho

Mas sem nunca se render com medo

De ninguém o compreender…

 

Aquela que se sente quando alguém se perde

Alguém muito mais especial

A outra de quando alguém te mente

A que te faz voar para dentro de um mundo sobrenatural…

A emoção é algo que se sente

Mas sempre existe alguém

que por muito que tente

Não compreende…

 

Aquela que a algo te prende

E que por mais que tendas a cair

A emoção estará de braços abertos

Para lá em baixo te apanhar

Sem nunca te deixar desistir

A emoção de quando sobre ti os olhos estão a descair

Mas pensa como a Fénix que sempre te irás erguer

E com ainda mais energia voltarás a renascer…

 

A emoção que te controla os sentidos

A que te faz funcionar os ouvidos

Que te faz focar

E continuar a andar

Faz-te manter de pés na terra

Aquela que te faz preocupar

E sempre te faz mais fundo chegar…

Mas sempre de olhos bem abertos

Sem nunca no fundo encalhar

Pois quem encalha

Jamais volta para cima….

 

A que faz escolher bem o que te calha

A emoção que te dá vontade de viver

E que não te deixa render

Aos olhos do inimigo

Ou aquela que te ajuda a distinguir uma pessoa de um amigo 

Aquela que te faz pensar

Em quem te é familiar...

 

A que te dá vontade de cantar

Aquela que te faz dançar

A que que te mexe nos nervos

Te faz conter as palavras de apelo

A que te faz erguer todos os pelos …

 

Aquela que te guia até algo sem preço

Como um amor esquecido

Por aquele que finge que é cego

Só para poder deixar de ver

E pelas sombras da sociedade andar

Pois apenas quer fazer mal sem sofrer

Mas esquece que Deus tudo anda a controlar...

 

E em Deus se repousam

Vários milhares de esperanças

Desde homens mulheres e crianças 

Pois todos aqueles que por amor rezam

Pois todos aqueles que pregam

Aquela emoção que te faz surgir os sentimentos

Aquela que te faz sentir amor

Entre os teus inúmeros dedos

Amor que se for mal executado

Sentimentos com dor, ardor, e vários outros desconfortáveis…

 

Mas aquele que te deixa confortado

É o que deverás seguir

Sem nunca te sentires sufocado

Na confusão que cada vez mais se faz sentir

A emoção que o mundo faz rodar

A que faz o sol da alma reluzir

Aquela que te ajuda a imaginar

Sem nunca nos outros parar de refletir...

 

A emoção que todos os doentes irá curar

Sem ter a intuição de algo mau imaginar

A emoção que te dá o sentimento de segurança

A que te dá força para tudo poderes pensar

Como se fosses ainda uma criança

A emoção que conquista tudo o que tu queres

Sem pensares no que é contraditório

Sempre todos os outros superar

Frequentar o oratório

Sem nunca suspirar

Fazer como no deserto

Até algo encontrar

Continuar sempre a andar

Sem sequer tempo para respirar...

 

A que te deixa deserto de emoção

Emoção que é algo certo

Como o destino

Que sempre há de chegar

Nunca irá esperar

Por aquele que fica para trás

Entrelaçado nas linhas do passado …

 

Aquele que com tudo se contenta

Nunca irá errar

Deve pensar em tudo sem ter medo de falhar

Pois a vida é uma estrada longa

Na qual existem vários acidentes

Sobre os quais todos rezam para que sejam ligeiros

Para que nunca se magoem os passageiros

Pois todo aquele que é conhecido

Poderá ser amigo do teu inimigo …

 

Na estrada da vida muitos ficam para trás

Seja um amigo ou um familiar

Pois o futuro não é feito de esquecimento

E todos podem acolher o arrependimento

Qualquer pode ser capaz

De nunca olhar para trás

Porque o maior poder que poderás encontrar

É aquele de que não te deixam desistir

E que te ajuda a guiar

Por esta longa estrada da vida

Que é uma montanha russa de emoções

Que nunca irá parar

E é assim que eu descrevo com as minhas orações

O que acho de cada uma das inúmeras emoções.

 

Francisco B

 

 

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.